Bombeiros Voluntários de Idanha-a-Nova celebram 75 anos de história

Idanha-a-Nova

Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Idanha-a-Nova comemorou 75 anos de história!

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Idanha-a-Nova (AHBVIN), comemorou, no passado dia 19 de abril, o seu 75º aniversário. Já as merecidas e devidas celebrações, tiveram lugar no dia seguinte, sábado, 20 de abril, entre o quartel sede da Associação e o recinto da Feira Raiana, em Idanha-a-Nova, onde finalizaram com o almoço convívio e onde foram cantados os parabéns à Associação pelos seus 75 anos de história, por parte dos seus integrantes e restantes presentes.

No dia 20, a cerimónia iniciou pelas 9h30, com o hastear de bandeiras, frente ao quartel dos Bombeiros Voluntários de Idanha-a-Nova, ao som do hino nacional e perante formatura do corpo ativo. No momento que precedeu ao hastear das bandeiras, houve ainda um toque de sirene, durante um minuto, em memória dos Bombeiros de Idanha-a-Nova, já falecidos.

Seguiu-se a receção às entidades convidadas, contando a cerimónia comemorativa com a presença dos ilustres: Secretário de Estado da Proteção Civil, do Vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, do Comandante Nacional de Emergência e Proteção Civil, do Presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito de Castelo Branco, do Comandante Regional de Emergência e Proteção Civil do Centro e do Comandante Sub-regional de Emergência e Proteção Civil da Beira Baixa.

Seguidamente, ainda em frente ao quartel sede e também perante formatura, deu-se lugar à cerimónia de entrega de distinções, nomeadamente de Medalhas de Assiduidade, por 5, 10, 15, 20, 25 e 30 anos de serviço, aos diversos elementos do corpo ativo que atingiram as referidas metas, e, ainda, impostas as divisas de Bombeiro de 3ª a três elementos que ingressaram, recentemente, no corpo ativo. O ato foi precedido por um desfile apeado do corpo ativo, com marcha, ainda frente ao quartel sede.

Antes da passagem à sessão solene, procedeu-se ao descerramento de uma placa alusiva ao 75º Aniversário da Associação, pelo Secretário de Estado da Proteção Civil, Paulo Simões Ribeiro, e pelo Presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, colocada na entrada principal do quartel.

Na sessão solene, as boas-vindas foram dadas pela Presidente da Assembleia-Geral da AHBVIN, Idalina Costa, para quem os Bombeiros Voluntários de Idanha-a-Nova “são uma referência de cidadania e um exemplo de coragem, altruísmo e serviço humanitário”.

Assim, foram entregues as condecorações de Medalha de Agradecimento, incluindo Medalhas de Agradecimento COVID, Medalha do Quadro de Honra, Medalha de Serviços Distintos (Grau Prata e Grau Ouro), Medalha de Dedicação e Altruísmo e Crachá de Ouro às diversas personalidades que se destacaram nestes feitos, sendo os agraciados Bombeiros que se encontram, atualmente, no corpo ativo, voluntários e/ou funcionários, funcionários da Associação não Bombeiros, anteriores dirigentes e elementos de Comando da Associação e Corpo de Bombeiros, como Joaquim Morão e Rui Esteves, Francisco Peraboa, José Neves, Fernando Martins e Jorge Farropas, no caso da Medalha do Quadro de Honra, e elementos com mais de 35 anos de serviço ou préstimos impagáveis à Associação e Corpo de Bombeiros, distinguidos com o Crachá de Ouro.

No momento dos discursos, o Presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, enalteceu a história dos Bombeiros Voluntários, que considera “um dos mais importantes parceiros da autarquia”. “Por isso, a Câmara apoia os ‘Soldados da Paz’ no desenvolvimento da sua nobre atividade, um investimento que tem vindo a crescer e que nos últimos 10 atingiu um valor de mais de 3,6 milhões de euros”.

Esta cooperação entre autarquia e Corpos de Bombeiros também foi reconhecida pelo Vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses.

Já o Secretário de Estado da Proteção Civil destacou o papel dos Bombeiros e a importância da valorização de uma carreira digna nesta força de socorro. A mesma deve ser devidamente apoiada e reestruturada pelas entidades governativas.

Após o encerramento da sessão solene, seguiu-se o tão aguardado desfile motorizado com as viaturas do Corpo de Bombeiros, pela vila de Idanha-a-Nova, onde o corpo ativo pôde cumprimentar e ser visto por todos os Idanhenses.

Graças ao apoio e presença dos colegas dos Corpos de Bombeiros Voluntários de Castelo Branco, de Penamacor, de Oleiros e de Vila Velha de Ródão, que asseguram o socorro e a emergência do nosso concelho, permanecendo no nosso quartel durante as comemorações, e a quem muito agradecemos por isso, foi possível a todos os Bombeiros Voluntários de Idanha-a-Nova garantir a sua presença ao longo de toda a celebração.

Fica ainda, aqui, em destaque, o nosso Obrigado a todos os Idanhenses e população do concelho de Idanha-a-Nova que, ao longo destes 75 anos, também sempre nos têm acompanhado e sendo, por todos eles, que nós cá estamos!

Bem-hajam Idanhenses, por todo o apoio, amizade e carinho, tal como destacado e proferido pelo Comandante do Corpo de Bombeiros de Idanha-a-Nova, no seu discurso, na sessão solene.

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Bombeiros, Destaques, Idanha-a-Nova com as tags , , . ligação permanente.