Jornais Centenários de Portugal e do Brasil

É inaugurada no próximo domingo (11 de Setembro), em Alcáçovas, a Exposição  “Jornais Centenários de Portugal e do Brasil

. Um legado Cultural”. Esta iniciativa da Associação Portuguesa de Imprensa e da Associação de Imprensa de Pernambuco está inserida nas Comemorações dos 200 da Independência do Brasil.

Reportagem Diário do Sul: https://www.youtube.com/watch?v=hVsgvpMI07g

Jornais centenários portugueses e brasileiros vão poder ser apreciados em Alcáçovas, no concelho de Viana do Alentejo (Évora), a partir de domingo, no âmbito das comemorações dos 200 anos da Independência do Brasil, anunciou a câmara.

A exposição, intitulada “Jornais Centenários do Brasil e de Portugal: Um Legado Cultural”, vai estar patente no Paço dos Henriques, em Alcáçovas, onde, a partir das 16:30 de domingo, decorrerá uma sessão evocativa do tema.

 Em comunicado, a Câmara de Viana do Alentejo explicou hoje que a mostra reúne 55 jornais, tanto portugueses como brasileiros, publicados continuamente há mais de 100 anos.

 “É uma viagem no tempo pelos principais acontecimentos (crises, guerras e descobertas) que tiveram lugar dos dois lados do atlântico”, acrescentou.

 Integrada no ciclo “Do Deserto de Notícias à Floresta da Memória” e para assinalar os 200 anos da independência do Brasil, esta quarta-feira, a iniciativa reúne cerca de “dois séculos de história”.

Até porque em destaque, na exposição, estão o Diário de Pernambuco, fundado em 07 de novembro de 1825, que é “o jornal mais antigo de língua portuguesa”, e “O Açoriano Oriental”, fundado em 18 de abril de 1835, em São Miguel, nos Açores, “o mais antigo jornal em circulação em Portugal”, salientou a organização.

A mostra revela ainda retratos fotográficos de 22 personalidades do mundo da cultura e do jornalismo, mas também a importância do tratado de Alcáçovas, assinado em 04 de setembro de 1479, entre D. João II e os Reis Católicos, que pôs fim à Guerra de Sucessão de Castela.

Na sessão evocativa agendada para a inauguração deverão participar os presidentes da Câmara de Viana do Alentejo, Luis Miguel Duarte, da Associação Portuguesa de Imprensa, João Palmeiro, e da Associação da Imprensa de Pernambuco, Múcio Aguiar Neto, assim como o embaixador do Brasil em Portugal, Raimundo Carreiro Silva, de acordo com a autarquia.

 A exposição, com curadoria de João Palmeiro e Múcio Aguiar Neto, vai estar patente ao público até abril do próximo ano e resulta de uma parceria entre o município, a Junta de Freguesia de Alcáçovas, a Associação Portuguesa de Imprensa e a Associação da Imprensa de Pernambuco.

 As comemorações alusivas à inauguração terminam com a atuação do Grupo Coral Juvenil dos Trabalhadores de Alcáçovas, no coreto do jardim público, a partir das 18:30.

 Em 07 de setembro de 1822, D. Pedro I do Brasil e IV de Portugal proclamou a independência do país que é hoje o gigante da América do Sul, nas margens do Rio Ipiranga.

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Educação, História, Política com as tags , , , , . ligação permanente.