Penha Garcia viveu “Dias Templários”

Evento contou com tertúlias e recriação histórica

Penha Garcia viveu “Dias Templários”

O evento “Dias Templários” animou Penha Garcia nos dias 3 e 4 de setembro, com atividades de recriação histórica, tertúlias e um acampamento militar templário.

A Associação Ordem dos Pobres Cavaleiros do Templo de Jerusalém e a Associação Thomar Honoris organizaram o evento em parceria com a Câmara Municipal de Idanha-a-Nova e a Junta de Freguesia de Penha Garcia.

Eventos com os ‘Dias Templários’ contribuem para aprofundar o conhecimento sobre esta temática e para a valorização da herança templária no concelho de Idanha-a-Nova, ao nível da investigação e do potencial turístico”, referiu o vereador da Câmara Municipal, João Carlos Sousa.

Neste sentido, a iniciativa contou com a presença do diretor do Museu da Ordem dos Templários, Manuel Furtado Mendes, e das investigadoras Paula Pinto Costa e Joana Lencart, do Centro de Investigação Transdisciplinar “Cultura, Espaço e Memória” da Universidade do Porto.

Durante dois dias, houve esgrima histórica, arco e besta, mostra de ofícios, dança medieval e produtos locais.

O Castelo de Penha Garcia, a Gruta da Lapa e o Adro da Igreja Matriz foram alguns dos cenários que acolheram as atividades.

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Idanha-a-Nova com as tags , , , . ligação permanente.