250 escuteiros desenvolvem atividades e realizam serviço à comunidade

250 escuteiros desenvolvem atividades e realizam serviço à comunidade

Nos dias 2 e 3 de agosto, 250 escuteiros vindos de todo o país e um deles dos Estados Unidos, colaboraram com diversas instituições do concelho na realização de tarefas muito diversificadas, desde a limpeza de espaços e recolha de lixo, até pinturas, animação com idosos e crianças e ainda pequenas restruturações em alguns locais.

De acordo com Miguel Machado, um dos construtores do ACANAC (Acampamento Nacional do Corpo Nacional de Escutas) e responsável pelas atividades realizadas em Proença-a-Nova (em conjunto com Francisco Carrola, Álvaro Teles, Anabela Santos e Paulo Santos), a presença no concelho enquadra-se na dinamização do ACANAC 2022, que está a decorrer em Idanha-a-Nova, e da decisão de passar alguns dias fora do campo, prestando apoio às comunidades dos concelhos vizinhos.

O balanço destes dois dias está a ser positivo, principalmente pelo serviço prestado à comunidade: “é para isso mesmo que nós cá estamos, desde a primeira hora que o contacto tem sido excelente”, adianta Miguel Machado. “A recetividade tem sido bastante boa e as pessoas têm gostado de ver muitos escuteiros e interagem connosco. Logo à noite [dia 3 de agosto] vamos ter o arraial [no Largo da Devesa de Sobreira Formosa] e estão todos convidados para se divertirem e falar connosco”. O grupo está instalado no Instituto de S. Tiago e tem realizado refeições nos locais onde prestam serviço e ainda no Largo da Devesa, em Sobreira Formosa. Em alguns dos locais, o trabalho tem sido conciliado com a vertente lúdica, pela proximidade com alguns espaços balneares.

Durantes estes dois dias, os jovens, com idades entre os 18 e os 22 anos, colaboraram na dinamização de atividades em todas as freguesias do concelho: em Alvito da Beira pintaram muros na área envolvente à Zona Balnear, na Fróia recolheram lixo junto à ribeira e na aldeia de Oliveiras, estiveram na aldeia do xisto da Figueira, nas Giesteiras e Atalaias e visitaram os utentes da Santa Casa da Misericórdia de Sobreira Formosa; em São Pedro do Esteval recolheram lixo em várias zonas da freguesia (Vale Canhestro e estrada do Padrão, Picoteiras, Palhota, Monte Fundeiro e Borracheira) e pintaram muros; nos Montes da Senhora, colaboraram com o Centro Social, desenvolvendo iniciativas com os seus utentes, e limparam lixo em Catraia, Chão do Galego e Montes da Senhora, e pintaram muros, fontes e bebedouros em Montes da Senhora. Em Proença-a-Nova estiveram no Jardim de Infância “O Cortiço”, com limpeza, arranjos e pinturas no exterior do edifício e visitaram também os utentes da Santa Casa da Misericórdia de Proença-a-Nova. Colaboraram ainda com o Centro de Estudos e Explicações Caixa Mágica, com pinturas no exterior do edifício e dinamização de diversas atividades lúdicas.

De acordo com a dinâmica do ACANAC, os jovens inscritos foram separados do seu agrupamento, ficando aos pares, juntando-os em novas equipas com pessoas de todo o país, num local também novo, já que a maioria destes jovens escuteiros nunca esteve em Proença-a-Nova.

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Proença-a-Nova com as tags , . ligação permanente.