Ações de sensibilização sobre a floresta começaram esta quarta-feira em Proença

Ações de sensibilização sobre a floresta começaram esta quarta-feira em Proença

Áreas Integradas de Gestão da Paisagem, Decreto-Lei n.º 82/2021 de 13 de outubro (Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais), BUPi – Balcão Único do Prédio, Condomínios de Aldeia e agricultura biológica: estes são os temas a abordar nas sete sessões de sensibilização sobre a “Floresta que Queremos” que vão ser realizadas em algumas localidades do concelho.

A primeira delas aconteceu já na quarta-feira, 23 de março, nos Cunqueiros (às 18h30), seguindo-se Dáspera (dia 27 de março, às 17h00) e Penafalcão (dia 29 de março, às 18h30). Em abril, esta iniciativa decorre sempre às 18h30 nas aldeias de Corgas (dia 1), Malhadal (dia 4), Alvito da Beira (dia 5) e Fórneas (dia 7).

Nestas ações de sensibilização estão a ser privilegiadas as localidades que sofreram com os incêndios de 2019 e 2020 e que vão ser incluídas em Áreas Integradas de Gestão da Paisagem, com financiamento para implementação de um modelo que irá potenciar intervenções de fomento da agricultura e da pastorícia da responsabilidade de uma entidade gestora e suportada por um programa multifundos de longo prazo – superior a 20 anos – que disponibiliza apoios ao investimento inicial, às ações de manutenção e gestão ao longo do tempo e à remuneração dos serviços dos ecossistemas.

Para além destas ações, cujos destinatários são os proprietários de terrenos no concelho, a sensibilização ambiental tem sido feita junto de outros públicos: esta segunda-feira, 21 de março, os alunos do primeiro e segundo ciclo do Agrupamento de Escolas de Proença-a-Nova assinalaram o Dia Mundial da Árvore.

Numa iniciativa da Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa, em parceria com o Centro Ciência Viva da Floresta e o Município, estava prevista a plantação de árvores e a experiência de voar em balão estático. No entanto, a chuva acabou por cancelar estas atividades, sendo complementadas pelo atelier de construção de papagaios, pinturas faciais e insufláveis e cada aluno recebeu um livro.

A blogger Andreia com a família do blog “Tomás My Special Baby” (este dia 21 de março é também o dia do Síndrome de Down), e Renato Duarte, repórter da Rádio Renascença, que fez uma reportagem a partir do local, acompanharam estes momentos e visitaram o Centro Ciência Viva da Floresta que faz da sensibilização ambiental junto de miúdos e graúdos o principal enfoque do seu trabalho.

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Proença-a-Nova com as tags , , . ligação permanente.