Comunidade cigana de Idanha doa bens para refugiados

Idanha-a-Nova

Comunidade cigana de Idanha doa bens para refugiados

A comunidade cigana do concelho de Idanha-a-Nova mobilizou-se para uma recolha de bens para apoiar refugiados ucranianos.

Esta ação é um magnífico exemplo da solidariedade do povo idanhense, que tem sido inexcedível no apoio ao povo ucraniano.

A iniciativa decorreu ao longo da semana e foi desenvolvida a partir do Projeto de Mediadores Municipais Interculturais, que lançou o desafio à comunidade cigana, a qual respondeu de forma pronta e com grande generosidade.

A comunidade cigana, residente maioritariamente na vila de Idanha e na Zebreira, mobilizou-se e doou alimentos, roupa, produtos de higiene, entre outros, que têm como destino refugiados da guerra na Ucrânia.

Para o sucesso desta campanha solidária foi importante a ação do Projeto de Mediadores Municipais Interculturais. Esta equipa multicultural tem tido um papel notável na integração das populações mais vulneráveis do concelho, designadamente comunidades ciganas e comunidades migrantes como a indiana ou dos PALOP.

É um projeto promovido pelo Município de Idanha-a-Nova em parceria com o Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento. Decorre de uma candidatura submetida ao Alto Comissariado para as Migrações enquadrada no Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, com o apoio do Portugal 2020 e do Fundo Social Europeu.

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Idanha-a-Nova com as tags , , , , . ligação permanente.