Sertã: Coração procura envelope

Dias 2, 7 e 14 de fevereiro

Coração procura envelope

Com o objetivo de assinalar o Dia de São Valentim, o Município da Sertã, através da Biblioteca Municipal Padre Manuel Antunes, na Sertã, associa-se à iniciativa “Coração procura envelope” que incentiva a recuperar cartas de amor de outros tempos que, quando lidas, poderão “puxar uma lágrima ao canto do olho”.

A iniciativa, realizada em parceria com a Texto Sentido, consiste numa recolha de cartas até 31 de janeiro, workshops de Leitura em Voz Alta na Sertã e no Porto nos dias 2 e 7 de fevereiro, e a 14 de fevereiro, decorrerá a leitura de cartas ao vivo, com transmissão em streaming que contará com a participação especial dos músicos Miguel Calhaz (Sertã) e Rui David (Porto).

As cartas de amor manuscritas (antigas ou recentes) deverão ser enviadas até 31 de janeiro para o e-mail coracaoenvelope@gmail.com . Poderão também ser enviados vídeos (ecrã horizontal) em que o autor da carta ou familiar esteja a ler a carta de amor em voz alta.

Os workshops decorrem na Biblioteca Municipal Padre Manuel Antunes, na Sertã, no dia 2 de fevereiro das 16h30m às 18h30m e 7 de fevereiro das 10h30m às 12h30m. No Porto os worshops terão lugar na Sala Estúdio Perpétuo, no Porto, no dia 2 de fevereiro das 10h30m às 12h30m e no dia 7 de fevereiro das 16h30m às 18h30m. As inscrições nos workshops deverão ser efectuadas para o e-mail coracaoenvelope@gmail.com . Os interessados poderão obter mais informações na página de Facebook facebook.com/textosentido.pt ou através do e-mail coracaoenvelope@gmail.com .

A iniciativa pretende ainda compilar as mais impactantes cartas de amor, fotografias e outros testemunhos transformando-os em livro. Refira-se que o envio de contributos para participação em qualquer das modalidades mencionadas acima pressupõe a cedência, inteiramente gratuita e sem quaisquer contrapartidas, de todos os direitos de imagem, conexos e sobre a utilização de todos os materiais, escritos, fotográficos, videográficos ou outros.

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Sertã com as tags , , , , , . ligação permanente.