Penamacor: “Madeiro – Fólios de Poesia II” apresentado e terceira edição a caminho

Penamacor: “Madeiro – Fólios de Poesia II” apresentado e terceira edição a caminho

“Madeiro – Fólios de Poesia II” foi apresentado em direto na página de Facebook do Município de Penamacor, na quinta-feira, dia 6 de janeiro. Depois da edição do primeiro e segundo volumes já está prometida uma terceira sequência do livro, que contará com novidades

Em “Madeiro – Fólios de Poesia II”, o leitor pode encontrar, mais uma vez, textos poéticos sobre a tradição do Madeiro com a participação de autores reconhecidos portugueses e espanhóis, uma vez que a tradição é transversal aos dois países. O livro foi coordenado por Pedro Salvado, historiador, investigador e prémio Joaquim Montezuma de Carvalho atribuído pela União Brasileira de Escritores do Rio em 2013, e pretende ser um contributo para a preservação e divulgação da tradição cultural ancestral do Madeiro, enquanto agregadora de comunidades e de gerações e da qual Penamacor é um exemplo único.

Presentes da apresentação estiveram Pedro Salvado e António Luís Beites Soares, Presidente da Câmara Municipal de Penamacor, além de vários dos poetas que contribuíram para a obra e que proporcionaram uma leitura dos seus poemas em direto. Para Pedro Salvado, a apresentação desta obra de poesia comemora uma data fundamental para uma identidade cultural que une muitas geografias, o Dia de Reis. O coordenador revelou que o livro é uma reunião de vozes diversificada, pretendendo-se, descodificar o Madeiro e aumentar a sua carga semântica e metafórica.

“O concelho de Penamacor é um território literário e não uma periferia como muitas vezes é lido”. Já António Luís Beites Soares agradeceu a todos os que contribuíram para o livro, exprimindo o desejo de ver editado um terceiro volume, repto que foi prontamente aceite por Pedro Salvado: “Não pode ficar pelo segundo volume. Temos que ir mais além e talvez alargar horizontes porque estamos a falar da maior tradição que temos no nosso concelho, da região e também do outro lado da fronteira. Deixo o desafio de envolvermos a raia espanhola, o Agrupamento de Escolas Ribeiro Sanches e a comunidade escolar neste projeto. Penso que poderá ser muito interessante”, disse o autarca.

No livro é possível encontrar poemas de Álvaro Giesta; António Maria Vieira Pires; António Rico; Artur Coimbra; Carlos Cruchinho; Carlos Manuel Lopes Pires; Cláudio Lima; Domingos da Mota; Eddy Chambino; Eduardo Aroso; Eduardo Olímpio; Graça Pires; Henrique Levy; Isabel Mendes Ferreira; João Pedro Azul; João Ricardo Lopes; Joaquim Colôa; Jorge Velhote; Juan Carlos Martín Cobano; Luís Filipe Maçarico; Manuel Barata; Maria de Lourdes Hortas; Maria José Quintela; Santiago Aguaded Landero; Sara F. Costa; e Victor Oliveira Mateus.

Livro Madeiro

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Penamacor com as tags , , . ligação permanente.