Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública visitou obras da Loja do Cidadão

Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública visitou obras da Loja do Cidadão

As obras da Loja do Cidadão de Vila Velha de Ródão receberam na terça-feira, 30 de novembro, a visita da Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, que destacou a importância destes espaços que considera serem já “uma imagem de marca da modernização dos serviços da administração pública”.

Localizada na Rua de Santana, a nova Loja do Cidadão de Vila Velha de Ródão encontra-se em fase de conclusão e resulta da requalificação de um edifício pertença do Município, de forma a reunir, no mesmo local, diversos serviços da administração central, local e de entidades privadas que prestam serviços de interesse público.

A requalificação do edifício onde vai funcionar a Loja do Cidadão insere-se numa política de revitalização da parte antiga da vila que temos vindo a promover e que esperamos possa vir a dar-lhe uma nova centralidade e dinâmica”, explicou o presidente do Município de Vila Velha de Ródão, Luís Pereira, durante a visita, acrescentando que “ao retirar os serviços da administração central que funcionavam no edifício da Câmara Municipal, num 1.º andar, esta obra vem também resolver o problema da dificuldade de acesso para as pessoas com mobilidade reduzida e vai permitir centralizar nos Paços do Concelho diversos serviços municipais que se encontram dispersos, um projeto que realizaremos posteriormente e contemplará também a questão das acessibilidades”.

Para o autarca, a aposta na melhoria da qualidade e das condições de funcionamento os serviços da administração central é um também “um sinal importante de que o Governo não esquece o interior”.

No mesmo sentido, Alexandra Leitão destacou que a abertura de Lojas do Cidadão no interior do país “vai de encontro a três objetivos centrais do programa do Governo: a modernização dos serviços da administração pública, seja na dimensão digital, seja na dimensão presencial, de que estas lojas são já uma imagem de marca ao tornarem muito mais cómodo o acesso as serviços públicos;  a parceria com as autarquias locais, de forma a aproveitar as sinergias com o território e a descentralizar estes serviços; e a dimensão da aposta no interior, seja como forma de atrair mais pessoas ou de manter as que cá estão”.

Depois de concluída, a Loja do Cidadão vai acolher os serviços do Instituto dos Registo e Notariado, do Instituto da Segurança Social, da Autoridade Tributária e ainda o Espaço Cidadão, que já se encontra em funcionamento na sede da Junta de Freguesia de Vila Velha de Ródão, permitindo aos cidadãos usufruir destes serviços de uma forma centralizada e desburocratizada e contribuindo para a poupança de tempo e recursos.

Distribuída por um único piso, ao nível do rés-do-chão, a nova Loja do Cidadão representa um investimento de 335.144,25 € (+IVA) e vem oferecer aos munícipes um espaço amplo, moderno e confortável, com condições de acessibilidades para pessoas com mobilidade reduzida, uma zona de espera, acesso a instalações sanitárias e sinalética informativa, de forma a direcionar os utentes para cada um dos balcões dos serviços.

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Castelo Branco, Destaques, Vila Velha de Ródão com as tags , , , , . ligação permanente.