Câmara de Idanha-a-Nova assina protocolo com plataforma WINDS para apoiar a economia local

Câmara de Idanha-a-Nova assina protocolo com plataforma WINDS para apoiar a economia local

A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova assinou no dia 1 de outubro um protocolo de cooperação com a plataforma WINDS, um mercado global online onde os profissionais de todos os sectores de atividade podem comprar e vender os seus produtos e serviços, com um conjunto de benefícios únicos no mercado.

O objetivo é trazer benefícios para os agentes económicos do concelho de Idanha-a-Nova, criando oportunidade de negócio e ajudando a comprar e a vender bem, a nível local e nacional. Esta é uma plataforma honesta e inovadora, com inúmeras vantagens para os seus utilizadores, que permitirá ampliar a dimensão económica do tecido empresarial do concelho, em especial a produção em modo biológico”, explica Armindo Jacinto, presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, a primeira Bio-Região de Portugal.

Idanha-a-Nova é também o primeiro município do país a celebrar um protocolo com a plataforma WINDS, que potencia a relação comercial em rede entre Compradores e Fornecedores, de forma a beneficiar os mais variados sectores de atividade: produção, comercialização, transformação, canal horeca (restauração e hotelaria), instituições de solidariedade social, entre outros.

Segundo o diretor geral da WINDS, José Carlos Leandro, esta plataforma online “foi criada com o objetivo principal de apoiar a tesouraria das pequenas e médias empresas e trará benefícios para todas as empresas aderentes, no concelho de Idanha-a-Nova”.

A Winds não é uma Central de Compras, é uma plataforma de negócios que aproxima clientes e fornecedores, permitindo uma eficiente tomada de decisão e de gestão de tesouraria, através da parceria com a Caixa Geral de Depósitos, sendo o principal meio de pagamento o cartão Win Win com o prazo de 120 dias de pagamento de cada compra, sem juros”, acrescenta José Carlos Leandro.

Todas as partes reconhecem que a experiência de relacionamento mútuo pode ser aproveitada para dar resposta às necessidades de todas as empresas, concretamente, operacionais, financeiras, administrativas e sociais que constituem os processos de gestão de compras.

Nos próximos tempos, a WINDS será apresentada por colaboradores da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova aos agentes económicos do concelho.

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Idanha-a-Nova com as tags , , , . ligação permanente.