Otelo Saraiva de Carvalho faleceu e não celebra os 50 anos do 25 de Abril

Otelo Saraiva de Carvalho faleceu ontem com 84 anos e não vai festejar a liberdade que nos deu nos 50 anos do 25 de Abril.

Vai a sepultar sem honras de Estado na 4a feira em Cascais..

Oficial experiente, já Major, liderou o “Golpe dos Capitães” com sucesso, devolvendo a liberdade ansiada a Portugal.

O derrube do regime fascista é obra de monta, de tal ordem, que nos permite hoje escrever, falar e comentar.

Permite mesmo aos adversários da Democracia, continuarem a espalhar o ódio que nutrem à liberdade como desde ontem tem sido visto.

Aqueles que nos oprimiram, prenderam e mataram, falam hoje livremente nas televisões abusando da tolerância que a Democracia permite.

Otelo Saraiva de Carvalho ficará na história como o Homem que devolveu a dignidade de um povo, terminou ou ajudou a terminar a execrável guerra em África que ceifou milhares de vidas a jovens portugueses e a muitos mais africanos.

Nunca reconheceu ter sido membro das FP25, mas, mesmo assim, foi condenado apesar de ilibado em julgamento dos crimes das FP25. 

Era um Homem do Povo e defensor do mesmo, coisa que também os adversários da Democracia não lhe perdoam.

Pessoalmente agradeço-Lhe o facto extremamente importante de ser livre, poder escrever e falar livremente.

PF

 

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Política com as tags , , . ligação permanente.