Proença-a-Nova: Ciência Viva no Verão 2021 está de volta a partir de 31 de julho

Ciência Viva no Verão 2021 está de volta a partir de 31 de julho

Já é conhecido o programa de atividades do Ciência Viva no Verão em Rede 2021, organizadas pela rede Centros Ciência Viva, com diversas propostas científicas, visitas guiadas e oficinas temáticas entre 15 de julho e 15 de setembro.

No caso do Centro Ciência Viva da Floresta, as atividades por si desenvolvidas no âmbito deste projeto iniciam-se a 31 de julho com a visita aos Barrocais de Monsanto.

Em agosto, e dentro de portas, o CCV convida a Descobrir as Árvores do CCVFloresta (dia 5), a encontrar o Ouro das Portas de Almourão (dia 6), a fazer o percurso da Buraca da Moura à Cruz do Alto (dia 21) e a desvendar os Segredos do Vale de Almourão (dias 13 e 27, com dois percursos diferentes). Fora do concelho, as propostas são para visitar os Fósseis de Penha Garcia (dia 3), procurar os Bugalhos: Histórias de paixão, lutas e especulação (dia 6) na Praia de Quiaios e conhecer Ch’Arcas de Noé (dia 14) na Figueira da Foz.

Em setembro convida-se a uma visita às Árvores Monumentais de Proença-a-Nova (dia 1), a conhecer Ch’Arcas de Noé (dia 3) no CCV da Floresta, a saber o Que contam as Estrelas (dias 3 e 10), a percorrer a Biodiversidade e Geodiversidade da GeoRota do Orvalho (dia 4) em Orvalho e a procurar os Bugalhos: Histórias de paixão, lutas e especulação (dia 4) no Malhadal.

Todas as atividades são gratuitas e carecem de inscrição em www.cienciaviva.pt, onde também estão disponíveis os detalhes de cada atividade. Para garantir a segurança dos participantes e das equipas, o apelo é para o cumprimento das normas recomendadas pela Direção-Geral da Saúde, face à situação de pandemia.

Para mais informações também poderá contactar diretamente o Centro Ciência Viva da Floresta através do telefone 274 670 220 ou info@ccvfloresta.com.

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Ciência e Tecnologia, Proença-a-Nova com as tags , , . ligação permanente.