PSD apresentou João Belém em Castelo Branco

João Belém esteve acompanhado pelos representantes dos Partidos da coligação, CDS e PPM, pela Vice-Presidente do PSD Isaura Morais e pela Deputada Cláudia André e várias figuras influentes no Partido e na região.

Reproduzimos o discurso de João Belém na apresentação pública da candidatura.

” Meus amigos
Candidato-me a Presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, em nome de uma
ideia de futuro para o concelho de Castelo Branco. para contribuir para que Castelo Branco
volte a ser o Centro Económico do Desenvolvimento e recupere a sua centralidade – sublinho recupere a sua centralidade.

Faço-o porque tenho a convicção plena de que Castelo Branco tem condições para ser um
concelho mais coeso, mais competitivo e mais próspero, onde imperem os valores da
liberdade, da justiça, da solidariedade, da transparência, do respeito pelas divergências e da qualificação do debate político.

Faço-o com um forte sentido de responsabilidade, pelo qual sempre pautei a minha
actividade profissional, que a par da experiência, capacidade de trabalho e dedicação, colocarei ao serviço do Concelho de Castelo Branco.
Mas faço-o também com confiança. Confiança na equipa que me acompanhará na
condução dos destinos do concelho, nos próximos quatro anos. Confiança no empenhamento crítico dos cidadãos e na sua participação e intervenção cívica e política,
para a construção do bem comum, que a todos diz respeito.

João Belém com a Deputada Cláudia André e representantes do CDS e PPM

Assumo fundamentalmente três prioridades – a dimensão económica, social e cultural.

O futuro sustentável do concelho, e a procura de respostas consistentes para ultrapassar a estagnação económica em que o
concelho se encontra, vai exigir a harmonização do
desenvolvimento cosmopolita da cidade, com as potencialidades das atividades ligadas às tecnologias ,agroindústrias, à
silvicultura, à pecuária, ao agroturismo e aos produtos tradicionais.
A prioridade será a criação de condições para vincular as novas gerações. São os jovens
que trazem capacidade de renovação, iniciativa, dinamismo e criatividade, fatores que
associados ao conhecimento e inovação constituem as bases da prosperidade e competitividade, com uma comprovada relação entre qualificação e crescimento
económico.
Não é aceitável que até ao momento não tenham existido políticas municipais direcionadas para a fixação dos nossos jovens qualificados.

Parque da Cidade foi o cenário escolhido para a apresentação de João Belém

Compete à autarquia ter capacidade de iniciativa no sentido de assegurar condições de contexto favoráveis à atracção e fixação
de operadores com capacidade de criar riqueza, e de gerar
emprego qualificado, que garanta oportunidades às novas gerações e bem-estar aos habitantes do concelho.

O emprego precário e as baixas remunerações, que têm caracterizado Castelo Branco nos últimos anos, têm de dar
lugar ao emprego qualificado e a salários dignos.
A necessidade que os jovens têm de abandonar o concelho e procurar oportunidades no litoral urbano ou no estrangeiro, deve dar lugar a um conjunto de oportunidades atrativas, que lhes permita optar por aqui viver, aqui desenvolver a sua
atividade profissional e aqui constituir família.
O esforço de formação e qualificação dos nossos jovens, até aqui desperdiçado, tem que ser
aproveitado para revitalizar a economia do concelho.
Um olhar especial para com as pessoas idosas, e para com as mais vulneráveis, é fundamental.
Devemos respeitar a sua dignidade, garantir os seus direitos e combater as desigualdades sociais. O desmantelamento de serviços públicos a que temos assistido não pode pôr em causa direitos fundamentais.

Não pouparei esforços no sentido proporcionar as condições indispensáveis para que os
profissionais se desloquem pelas freguesias, garantindo assim a prestação de serviços aos mais vulneráveis.
Comigo a própria autarquia disponibilizará serviços e equipamentos, para fazer face às
necessidades básicas dos cidadãos. O apoio social constitui uma dimensão essencial para uma vida digna e estável dos cidadãos, garantindo igualdade e a equidade, pelo que
haverá um forte investimento da autarquia nesta área.
Tenho ideias claras sobre o que os cidadãos desejam para melhorar a sua vida dos habitantes do Concelho.
Como presidente ouvirei sempre os cidadãos, os destinatários da nossa acção.
Seremos inovadores sempre que necessário, mas não faremos promessas baseadas em
caprichos ou ilusões. Assumiremos compromissos estratégicos, como compromissos de honra, que sabemos poder cumprir, e que corresponderão aos anseios e interesses dos
cidadãos.
Aproveito para realçar que muitas das propostas que têm sido divulgadas por esta
candidatura, bandeiras do PSD nos últimos anos, já foram apresentadas na Assembleia
Municipal, liderada com maioria qualificada do PS, e foram sempre rejeitadas.
Por isso é com agrado que vejo que algumas candidaturas estão a sugerir implementar das
mesmas medidas. É sinal de que, afinal, elas não são assim tão más. Fico agradado, mas
também um pouco surpreso por isso estar a suceder.
É também importante esclarecer que estamos empenhados neste desafio de conquistar a
autarquia, que está na mesma família política há 24 anos, apenas em coligação com CDS e
com PPM, não havendo mais nenhuns acordos com outras candidaturas.
Combaterei, de forma determinada, os interesses instalados, e empenhar-me-ei em
recuperar o respeito dos cidadãos pelos seus representantes políticos, e a confiança na
construção de um concelho solidário, digno e próspero. Faremos da ética, da integridade e da transparência, as bandeiras do exercício da acção municipal.

Estou disponível para fazer a mudança que o concelho precisa. Uma mudança de
paradigma de fazer política, fundamentalmente. Sou a oportunidade de fazer diferente.
É fundamental perceber que são as pessoas que fazem a diferença e é para elas que vamos trabalhar
– fazer política pelas pessoas e não pelos interesses individuais. Penso que vamos
demonstrar aos munícipes que não precisam de ter medo da mudança, porque ela vai trazer melhor qualidade de vida em Castelo Branco.

Viva Castelo Branco
Viva Portugal ”

  • Fotos cedidas pelo PSD de Castelo Branco

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Castelo Branco, Destaques com as tags , , , , . ligação permanente.

2 Responses to PSD apresentou João Belém em Castelo Branco

  1. Maria diz:

    Muitos parabéns ao PSD, CDS e PPM por terem conseguido unir esforços. Desejo o maior sucesso.
    Bem haja ao Jornal de Oleiros por nos manter informados.

Os comentários estão fechados.