Oleiros apresenta coprodução artística sobre as invasões francesas na Beira Baixa

Oleiros apresenta coprodução artística sobre as invasões francesas na Beira Baixa

Oleiros apresenta coprodução artística sobre as invasões francesas na Beira Baixa

Realiza-se este sábado, às 21 horas, no auditório da Santa Casa da Misericórdia de Oleiros, a primeira produção teatral “Invasões Francesas na Beira Baixa”.
O evento decorrerá de acordo com as normas definidas pela DGS, estando limitada a lotação de acordo com o espaço e por ordem de reserva. De forma a garantir acesso a um público mais vasto, existirá ainda transmissão online em direto nas redes sociais.
A peça retrata a 1ª Invasão Francesa e como a ocupação do território da Beira Baixa pelos franceses despoletou a revolta popular.

Seguindo uma estratégia de Programação Cultural em Rede, a ação insere-se no projeto Beira Baixa Cultural 2.0, promovido pela Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB) e pelos municípios que a integram (Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Oleiros, Penamacor, Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão). A apresentação vai decorrer nos seis concelhos, durante o mês de julho, sendo Oleiros o primeiro palco onde vai ser exibida.

A referida coprodução artística foi precedida por uma ação de capacitação que teve início no mês de maio, na qual os participantes tiveram a oportunidade de se envolver em toda a produção do espetáculo, desde a representação, à pintura de cenários, sonoplastia e costura. O grupo – que se distingue se pela sua intergeracionalidade, dinâmica e cooperação – para além de participar num espetáculo único, teve ainda a experiência de se envolver ativamente na sua criação e, ao mesmo tempo, adquirir competências pessoais variadas.

Os bilhetes, gratuitos e obrigatórios, estão disponíveis a partir de hoje na Casa da Cultura de Oleiros até quinta-feira às 17h30 (presencialmente ou através do número 272 680 230).

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Oleiros com as tags , , . ligação permanente.