Câmara de Idanha-a-Nova prolonga benefícios fiscais à economia

Câmara de Idanha-a-Nova prolonga benefícios fiscais à economia

A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova prorrogou por mais seis meses as isenções e os benefícios fiscais para o sector económico, no sentido de mitigar os efeitos da pandemia de COVID-19 no tecido empresarial do concelho.

As medidas foram aprovadas em reunião de Câmara e são as seguintes:

– Redução de 50% no valor das rendas a cobrar pelo Município de Idanha-a-Nova aos empresários e empresas com sede fiscal no concelho de Idanha-a-Nova, comprovada à presente data, e desde que tenham a sua situação financeira regularizada com o Município de Idanha-a-Nova;

– Isenção das taxas fixas de abastecimento de água, saneamento e recolha de resíduos sólidos urbanos aos utilizadores não domésticos, da indústria e comércio, com sede fiscal no concelho de Idanha-a-Nova, comprovada à presente data, e desde que tenham a sua situação financeira regularizada com o Município de Idanha-a-Nova;

– Isenção das taxas a aplicar no Mercado Municipal (bancas) e feiras e mercados da competência do Município de Idanha-a-Nova a todos os feirantes e comerciantes, desde que tenham a sua situação financeira regularizada com o Município de Idanha-a-Nova.

As reduções e isenções serão aplicadas no decurso de seis meses, com início em julho de 2021.

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Idanha-a-Nova com as tags , , . ligação permanente.