Biblioteca de Proença reforça títulos do plano Nacional de Leitura

Biblioteca Municipal reforça títulos do Plano Nacional de Leitura

A Biblioteca Municipal de Proença-a-Nova adquiriu 74 livros para reforçar a oferta que já tem disponível de obras enquadradas no Plano Nacional de Leitura, que inclui propostas desde o pré-escolar ao 12º ano, num total de 122 títulos, alguns dos quais trabalhados em contexto escolar. Com este reforço pretende-se auxiliar os estudantes que não têm possibilidades de adquirir estas obras e também promover o gosto pela leitura, indo ao encontro dos objetivos do Plano Nacional de Leitura em que se “pressupõe a assunção da leitura como prioridade política, tomando esta competência como básica para o acesso plural ao conhecimento e ao enriquecimento cultural – indispensáveis ao exercício de uma cidadania ativa e ao desenvolvimento económico e social do país”, lê-se na página www.pnl2027.gov.pt.

Estas obras são igualmente utilizadas como base ao Concurso Nacional de Leitura que está a ser realizado, estando a decorrer a fase intermunicipal com a presença de 16 alunos do Agrupamento de Escolas de Proença-a-Nova, nos escalões do 1º, 2º e 3º ciclo e ainda Ensino Secundário. Até ao final do mês serão conhecidos os alunos que passam à fase seguinte, estando a final nacional agendada para 5 de junho.

Durante os meses de abril e maio, a página do Facebook da Biblioteca Municipal apresenta sugestões de leitura de livros que têm a chancela Ler+ e que integram o Catálogo PNL, apresentado como “uma ferramenta essencial para todos os que se interessam e trabalham em torno do livro e da leitura”. Duas vezes por ano, em junho e em dezembro, o portal PNL2027 divulga o conjunto de livros que passa a integrar o catálogo, estando o mesmo disponível para consulta aqui (https://www.pnl2027.gov.pt/np4/livrospnl?cat_livrospnl=catalogo_blx). Nesta página podem igualmente ser explorados outros recursos, como o Clube de Leitura PNL2027 em que qualquer interessado pode participar.

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Proença-a-Nova com as tags , , , , . ligação permanente.