Luís Correia não vai ser candidato pelo PS em Castelo Branco

. Possível candidatura Independente de Luís Correia baralha as contas no distrito

Um manifesto de apoio e solidariedade a Luís Correia, ex-presidente da Câmara de Castelo Branco, circula no Distrito.

Luís Andrade, presidente da Freguesia de Santo André das Tojeiras, garante que o mesmo “foi assinado por todos os Presidentes de Junta de Freguesia do concelho de Castelo Branco, manifestando apoio e solidariedade a Luís Correia”.

O manifesto começa por identificar o grupo eleito pelo PS e por movimentos independentes elogiando o trabalho efetuado pelo ex-autarca à frente do município e explica que “Luís Correia liderou e deu início a um projeto autárquico para Castelo Branco com uma duração de 12 anos, onde as freguesias são elementos integradores e estratégicos do desenvolvimento do concelho

Lembrando os “fortes investimentos, cujos resultados são visíveis”, consideram que “este projeto ainda está em curso e queremos que seja bem terminado”, razão pela qual sublinham que Luís Correiatem o nosso apoio incondicional”.

As razões fundamentais que consubstanciam o apoio e a solidariedade que os autarcas querem demonstrar, a primeira das quais é “o grande apoio do povo” e o facto de “os albicastrenses se reverem na estratégia implementada durante os seus mandatos” à frente do município.

“Pelo conhecimento das necessidades da população do concelho, pela boa gestão dos dinheiros públicos, pelo trabalho desenvolvido nas freguesias e pela postura de autarca muito próximo e dialogante com as pessoas” são outras das razões apresentadas, a que se juntam outras como “tratar todos os munícipes de igual forma, a dedicação à causa pública e a capacidade de liderança que conseguiu imprimir no concelho”.

Pela confiança depositada nos presidentes de junta” é a última razão que os signatários deste manifesto apresentam para com ele demonstrarem o seu apoio e solidariedade ao ex-autarca que, recorde-se, na passada edição do Reconquista sublinhou que “não serei o candidato do PS” nas próximas eleições autárquicas, não fechando a porta a uma eventual candidatura independente.

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Castelo Branco com as tags , , , . ligação permanente.