Jovem de Idanha-a-Velha publica o seu primeiro livro

Jovem de Idanha-a-Velha publica o seu primeiro livro

Carolina Sequeira, jovem de 18 anos de Idanha-a-Velha, publicou o seu primeiro livro, “Fúria Cruel”.

Editado pela Chiado Books, “Fúria Cruel” é um livro de fantasia que narra a história de Darya Endronth, uma general, no mundo fantástico de Teryon, criado pela imaginação de Carolina Sequeira.

A jovem autora nasceu e cresceu na aldeia histórica de Idanha-a-Velha, no concelho de Idanha-a-Nova, onde a sua imaginação fantasiosa era o escape para o mundo lá fora.

Desde pequena, Carolina Sequeira criou e desenhou todas as histórias que lhe iam na mente, e com o passar do tempo a vontade de as contar ficou maior.

Publica agora aos 18 anos o seu primeiro livro, “Fúria Cruel”, disponível no site da Chiado Books, na Wook, na livraria Bertrand e na FNAC.

Inspirado na lenda do Rei Artur, é um livro que irá agradar a todos os amantes de história, aventura e fantasia.

O Município de Idanha-a-Nova tem a honra de felicitar Carolina Sequeira por esta obra que demonstra o talento criativo desta jovem do nosso concelho, expressando votos de muito sucesso para a sua carreira literária.

Sinopse:

“Teryon foi conquistado pela Rainha Assassina e os seus Demónios Norgs. Todos os Reis Dragão e respetivos súbditos, eram agora, subordinados leais de Sua Majestade, vivendo apenas porque ela permitia.

Darya Endronth, arrogante e raivosa como o Inferno, é a general da Rainha. Obrigada a abandonar as Terras Mortas, onde viveu e treinou toda a vida, Darya parte com uma missão entre as mãos: Vigiar os Reis Dragão e descobrir sobre a rebelião de um suposto príncipe morto que ameaça o reinado da sua Rainha.

Uma tarefa simples, caso a morte não espreitasse a cada esquina.”

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009. Lutamos arduamente pela defesa do interior, o apoio às famílias e a inclusão social. Batemo-nos pela liberdade e independência face a qualquer poder. Somos senhores da nossa opinião.
Esta entrada foi publicada em Educação, Idanha-a-Nova com as tags , , . ligação permanente.